Informação!

Observe ao lado direito, abaixo da área do membro, as categorias em que os textos estão organizados.

A Área do Membro pode ser observada ao lado direito, abaixo da caixa de pesquisa. Utilize livremente.

Abaixo dessa mensagem de informação, poderá ler os textos.

Torne-se um colaborador/ colunista fixo do IDCMEE! Saiba mais clicando aqui!

Não esqueça de visitar a Comunidade Consciência Astral/ IDCMEE/ TE, um espaço de convívio espiritual interativo.

Registre-se na nossa comunidade! Faça parte do Templo dos Espíritos!

Saiba mais sobre ser um membro registrado.

Obrigado pela sua atenção.

IDCMEE.

sexta-feira, 8 de agosto de 2008

As Manifestações Inteligentes nas Dimensões


Os Seres das Dimensões

Boa noite!

Nos textos anteriores nos preocupamos em explorar mais as dimensões e as suas características. Contudo, imagine que a maioria deve ter ficado curiosa em saber mais sabre os seres que as habitam. Acredito que a lesma, o cavalo e as minhocas não tenham despertado tanta curiosidade como os Gnomos, os Duendes, as Fadas, os Magos Negros, enfim, os elementais da Natureza e outros seres que se apresentam como misteriosos para os seres humanos. Se prepare para matar toda esta curiosidade, pois elaborei, com o apoio de pesquisas, este texto que nos ensina muito sobre estes seres encantadores e escondidos da “visão física”. Enquanto não abrimos o nosso olho espiritual (o terceiro olho), vamos ficando com essas informações.

Vamos iniciar este texto falando dos seres dimensionais, dando principal atenção aos Elementais da Natureza.


As Origens Humanas e os Elementais da Natureza

Há quanto tempo não enxergamos...

Quanto tempo já se passou desde a Era Dourada. É bem provável que você já tenha escutado falar sobre a Era Dourada, mas esta a que me refiro é a era em que o Homem atual se formava.

A civilização começava a se formar em tempos remotos quando ainda havia o contato absoluto e verdadeiro entre os seres humanos e a Natureza. No início da formação humana atual, os seres humanos manteram durante muito tempo o contato com a Natureza e as suas forças. Neste período, a humanidade tinha o conhecimento do relacionamento místico do Homem com os “espíritos da Natureza”. Na vida quotidiana do Homem, os “espíritos da Natureza” se faziam presentes através de suas manifestações naturais e sábias. O próprio Homem aprendeu com eles a viver na Natureza. O Homem foi aprendendo a sobreviver e a satisfazer as suas necessidades. Depois de algum tempo, o Homem começou a ter contato com energias negativas que os levavam a querer ir mais além e prejudicar a Natureza para satisfazer necessidades artificiais. Assim perdia o contato verdadeiro e absoluto com os seres elementais da Natureza. Entretanto, antes do Homem perder o contato verdadeiro e absoluto com os seres elementais da Natureza, ele convivia com essas presenças e as percebiam nas chamas, nos bosques, na água, no ar e nas mãos curadoras de nossas avós. Não podemos esquecer de mencionar a sábia e milenar magia que é uma ciência baseada nas forças da Natureza que se apresentam ocultas aos seres humanos devido a “poluição consciencial”, ou se preferirem, “cegueira artificial”. Nos tempos atuais a humanidade está muito preocupada com o exterior da matéria atribuindo à objetos um valor ridículo/absurdo. Uma flor não vale um monte de papéis a que chamamos dinheiro. Uma flor vale um sorriso e um bem estar acompanhado por um doce aroma. Uma flor é sinal de carinho e de amor. Uma flor não é um monte de papéis coloridos com um número escrito. Logo, eu disse “ valor absurdo/ridículo” porque cada forma, cor, aroma, sabor e impressão da Natureza possui uma energia que defini a estabilidade e formação de nós próprios. O ser humano se tornou arrogante perdendo o maior tesouro que lhe foi dado no início dos tempos terrestres: a sensibilidade universal. Através desta sensibilidade universal, que era possível devido a pureza que habitava nos espíritos humanos, assistia-se a uma relação consciente da humanidade com os elementais da Natureza. Já é hora de sabermos quem são esses elementais da Natureza, não acham?

Para sabermos isso, nada é mais certo do que consultar a ciência milenar (Magia). A Magia (quer seja Branca, quer seja da Negra) trabalha com as forças da Natureza e privilegia os elementais há muito tempo. Os bruxos e bruxas em seus estudos chegaram a conclusão da existência de Fadas que foram classificadas como “seres elementais” e as catalogou como elementais do Ar. Ainda hoje se mantém estas designações e classificações para os seres elementais. No entanto, os seres elementais não são só as Fadas. A Magia também menciona os Duendes e Gnomos como elementais da Terra; as Sereias e as Ondinas como elementais da Água; e as Salamandras como elementais do Fogo que transmitem mensagens através das chamas das velas. Ainda devemos ter o cuidado de saber que há os anjos e os espíritos naturais, um diferente do outro porque os espíritos naturais pertencem ao reino celestial. Aconselho que sigam a Ecologia, respeitando a Mãe Natureza. Se tem interesse em Magia, pode visitar a nossa página Magia Prática que está sendo atualizada com informações sempre que possível.Hoje em dia os parapsicólogos são os investigadores do Mundo das Fadas e se preocupam em comprovar através de experimentos a sua existência e ação. Seria muito bom se eu descrevesse as Fadas aqui neste texto, mas esta é uma tarefa difícil para muitos pois elas aparecem muito rápido, como um incrível e esplendoroso "flash" de luz. Quanto ao lugar que residem, elas preferem os rios, bosques e outros lugares naturais. Entretanto, as Fadas também habitam parques, jardins, cidades e até mesmo as nossas casas se forem devidamente chamadas. Estou falando de Fadas, mas sei que a sociedade atual não foi educada para acreditar nos seres que sempre sonharam e viam em desenhos e histórias. Poucos acreditam em Fadas e não é por acaso. Quando crescemos, todos nos dizem que Fadas, Duendes e reinos encantados não existem. Desta forma crescemos “cegos”. Este tipo de formação conduz ao reduzido número de pessoas com a capacidade de entender o que está além dos cinco sentidos. Ninguém tem culpa, mas nunca é é tarde para recuperarmos o brilho da Era Dourada que dorme dentro de nós. Lembre que estamos falando de uma energia muito sutil. O ritmo de vida atual nos atrapalha a perceber essa energia que nos cerca.

No próximo texto iremos explorar o “Mundo da Magia” que para muitos ficou no baú de recordações de infância. Exatamente! Aguardem o texto que fala sobre os elementais da Natureza.

Brevemente:

- Os Elementais Da Natureza;
- Os Elementais da Terra;
- Os Elementais da Água;
- Os Elementais do
Fogo;
- Os Elementais do
Ar .

Muita Luz!

Rafael.

________________________

Instituto de Desenvolvimento Conscienciológico e Manifestação Espiritual Expressiva (IDCMEE)

Templo dos Espíritos (TE) - Consciência Astral.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja um membro registrado do IDCMEE!

Namastê!

Quer participar da Comunidade Consciência Astral/ IDCMEE/ TE em tempo real?

Registre-se na nossa comunidade!

Faça parte do Templo dos Espíritos!

Saiba mais sobre ser um membro registrado.

Novidades no Email!

Namastê caros leitores!

Se estiverem interessados em receber um email avisando sobre as atualizações do IDCMEE (novos textos, mensagens, informações, categorias, etc), por favor envie um email para conscienciastral@gmail.com e passará a receber as novidades diretamente na sua caixa de entrada.

Torne-se um colaborador/ colunista fixo do IDCMEE! Saiba mais clicando aqui!

Obrigado pela sua atenção.

IDCMEE.