Informação!

Observe ao lado direito, abaixo da área do membro, as categorias em que os textos estão organizados.

A Área do Membro pode ser observada ao lado direito, abaixo da caixa de pesquisa. Utilize livremente.

Abaixo dessa mensagem de informação, poderá ler os textos.

Torne-se um colaborador/ colunista fixo do IDCMEE! Saiba mais clicando aqui!

Não esqueça de visitar a Comunidade Consciência Astral/ IDCMEE/ TE, um espaço de convívio espiritual interativo.

Registre-se na nossa comunidade! Faça parte do Templo dos Espíritos!

Saiba mais sobre ser um membro registrado.

Obrigado pela sua atenção.

IDCMEE.

terça-feira, 30 de junho de 2009

As Quatro Velas

No interior elas queimam e iluminam...



Namastê!

São tantos os desafios da vida! São tantos os desafios enquanto no corpo físico e mesmo sem ele! Tudo que vem, vai... só resta nós próprios em um universo cheio de portais e ensinamentos. Por isso, temos que tratar bem de nós mesmos e respeitar os outros. Uns dizem que Deus está ali e outros dizem que está aqui. Deus é puramente indescritível pois abrange todo o cosmos e a existência.

Hoje encontrei um blogue muito bem elaborado e com mensagens lindas. Uma das mensagens conta a história de quatro velas, as mais importantes que queimam em nós. Extraí de lá o texto para publicar aqui no IDCMEE, respeitando todos os direitos autorais.

QUATRO VELAS

Quatro velas estavam queimando calmamente.
O ambiente estava tão silencioso que podia-se
ouvir o diálogo entre elas.

A primeira disse: Eu sou a Paz!
Apesar da minha luz as pessoas
não conseguem manter-me acesa.
E diminuindo sua chama devagarzinho,
apagou-se totalmente.

A segunda disse: Eu me chamo Fé !
Infelizmente sou supérflua para as pessoas.
Por que elas não querem saber de Deus,
por isso não faz sentido continuar queimando.
Ao terminar sua fala, um vento bateu levemente
sobre ela, e esta se apagou.

Baixinho e triste a terceira vela se manifestou:
Eu sou o Amor!
Não tenho mais forças para queimar.
As pessoas me deixam de lado, por que só
conseguem enxergar elas mesmas, esquecem até
daqueles que estão à sua volta.
E também se apagou.

De repente... entrou uma criança e viu
as três velas apagadas.
Que é isto?
vocês devem ficar acesas e queimar até o fim.
Então a quarta vela falou:
Não tenhas medo criança, enquanto eu estiver
acessa podemos acender as outras velas.

Então a criança pegou a vela da Esperança
e acendeu novamente as que estavam apagadas.
"Que a vela da Esperança nunca se apague
dentro de você..."

Direitos autorais respeitados. Texto "Quatro Velas" extraído do blogue Clamar Luz.

Lembrem que a esperança é a última que morre mas a primeira que salva.

Muita LUZ, PAZ, AMOR e LUCIDEZ!

Rafael.

_________________________

Instituto de Desenvolvimento Conscienciológico e Manifestação Espiritual Expressiva (IDCMEE)
Templo dos Espíritos (TE) - Consciência Astral.

Um comentário:

  1. Mais uma vez uma criança para vir, e acender a minha vela interior da esperança, da Vontade.

    Mais uma vez, a "criança" aparece para me lembrar o caminho, seja na Ioga da Criança, seja nas quatro velas acendendo a última que se apaga...

    Que a vela jamais se apague em nossos corações e se chegar perto, que a nossa criança não permita.

    Com esperança,

    Bianca Carvalho.

    ResponderExcluir

Seja um membro registrado do IDCMEE!

Namastê!

Quer participar da Comunidade Consciência Astral/ IDCMEE/ TE em tempo real?

Registre-se na nossa comunidade!

Faça parte do Templo dos Espíritos!

Saiba mais sobre ser um membro registrado.

Novidades no Email!

Namastê caros leitores!

Se estiverem interessados em receber um email avisando sobre as atualizações do IDCMEE (novos textos, mensagens, informações, categorias, etc), por favor envie um email para conscienciastral@gmail.com e passará a receber as novidades diretamente na sua caixa de entrada.

Torne-se um colaborador/ colunista fixo do IDCMEE! Saiba mais clicando aqui!

Obrigado pela sua atenção.

IDCMEE.