Informação!

Observe ao lado direito, abaixo da área do membro, as categorias em que os textos estão organizados.

A Área do Membro pode ser observada ao lado direito, abaixo da caixa de pesquisa. Utilize livremente.

Abaixo dessa mensagem de informação, poderá ler os textos.

Torne-se um colaborador/ colunista fixo do IDCMEE! Saiba mais clicando aqui!

Não esqueça de visitar a Comunidade Consciência Astral/ IDCMEE/ TE, um espaço de convívio espiritual interativo.

Registre-se na nossa comunidade! Faça parte do Templo dos Espíritos!

Saiba mais sobre ser um membro registrado.

Obrigado pela sua atenção.

IDCMEE.

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

O Precipício da Alma

Queda Para Despertar...

Namastê!

Após receber um lindo poema do nosso amigo do GVA que será publicado nesta mensagem no IDCMEE, comecei a escrever um texto pequeno, simples e sincero sobre o "precipício da alma".

Espero que apreciem o poema e o texto.



O Precipício da Alma


Dias escuros, frios e silenciosos. O chamado sem palavras cortando o coração e arremessando a minha alma para perto de um precipício. Atrás, tudo lindo, radiante, alegre e quase perfeito. Eu estava sendo jogado para longe de toda a perfeição que conhecia; sendo afastado. Sem nenhuma força aparente para deter as forças naturais que me encurralavam. Estava com os calcanhares na beira do precipício. O medo arrombou o meu coração e escutei um gemido de dor e sofrimento. Então percebi que era a minha vez e o chamado era para mim. Fui jogado no precipício que parecia não ter fim.

O vento gelado batia no meu rosto, deixando ele duro e gelado. Meu corpo paralisado, tentando lutar contra a canção que ecoava no precipício fundo. A melodia era relaxante e harmoniosa. Meus olhos lacrimejando e banhando os campos da porta da minha alma. Olhos fechados, mente ativa. Uma criança brincava com o pai em um jardim; uma mãe sorria para o filho que acabava de nascer; Um homem tentava seguir o que a maioria fazia; procurava um rio em um mar; seguia uma linha de pensamento e não questionava seus pensamentos; trabalhava em todos os momentos, mesmo quando a filha pedia um passeio; lembrava do amor que sentia por sua família e de quantas oportunidades não soube expressar isso. Agora conseguia ver o que não via antes.

Em segundos vi toda a minha vida e dancei ao balanço do vento. Quando abri os olhos estava sozinho na beira do precipício, profundo e tão real, pronto para cair e viver a experiência da ida até ao fundo do espírito e do tombo de crenças sem fundamento, correntes imaginárias e ignorância ignorada. Não tive medo e dei o primeiro passo para o primeiro vôo.

Rafael.

Um pequeno poema/ texto inspirado que espero servir de objeto de reflexão para todos os leitores.

Pode comentar e acrescentar informações sobre o tema na Comunidade Consciência Astral/ IDCMEE/ TE ou então nos deixe um comentário curto aqui mesmo.

Se quiser contribuir para o
IDCMEE com textos, poemas, mensagens espirituais, nos envie um email para conscienciastral@gmail.com e aguarde contato.

Quer receber nosso boletim de
atualização? Envie um email notificando o seu desejo.

Quer ser membro
IDCMEE? Registre-se já!

Muita luz, paz e lucidez!

Rafael.

_________________________

Instituto de Desenvolvimento Conscienciológico e Manifestação Espiritual Expressiva (IDCMEE)
Templo dos Espíritos (TE) - Consciência Astral.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja um membro registrado do IDCMEE!

Namastê!

Quer participar da Comunidade Consciência Astral/ IDCMEE/ TE em tempo real?

Registre-se na nossa comunidade!

Faça parte do Templo dos Espíritos!

Saiba mais sobre ser um membro registrado.

Novidades no Email!

Namastê caros leitores!

Se estiverem interessados em receber um email avisando sobre as atualizações do IDCMEE (novos textos, mensagens, informações, categorias, etc), por favor envie um email para conscienciastral@gmail.com e passará a receber as novidades diretamente na sua caixa de entrada.

Torne-se um colaborador/ colunista fixo do IDCMEE! Saiba mais clicando aqui!

Obrigado pela sua atenção.

IDCMEE.