Informação!

Observe ao lado direito, abaixo da área do membro, as categorias em que os textos estão organizados.

A Área do Membro pode ser observada ao lado direito, abaixo da caixa de pesquisa. Utilize livremente.

Abaixo dessa mensagem de informação, poderá ler os textos.

Torne-se um colaborador/ colunista fixo do IDCMEE! Saiba mais clicando aqui!

Não esqueça de visitar a Comunidade Consciência Astral/ IDCMEE/ TE, um espaço de convívio espiritual interativo.

Registre-se na nossa comunidade! Faça parte do Templo dos Espíritos!

Saiba mais sobre ser um membro registrado.

Obrigado pela sua atenção.

IDCMEE.

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Reflexão: Ioga da Criança

A Criança Interior É Eterna...

Namastê!




A imagem acima revela muita coisa sobre o assunto desta publicação no IDCMEE. Observe os leves traços de expressão no rosto dessa criança e imagine que você já foi assim! Que os seus amigos, conhecidos, avós, pais, já foram assim! E será que ainda não são, mesmo que lá no fundo do espírito? Claro que são! A criança interna sorri dentro de você e como já foi dito por alguém...

..."O Sorriso é a curva que endireita o mundo."

Agradeço antes de qualquer coisa essa contribuição carinhosa da nossa amiga Bianca que está sempre nos trazendo conteúdos, carinho e perspectivas universalistas.

A reflexão é uma mensagem para as crianças. Está fugindo porque é adulto? Senta aí e continua lendo. O destinatário desta mensagem é a criança que mora e sempre morará no seu interior, em um local da sua memória e do seu coração onde você ainda está livre de preocupações, de preconceitos, de apegos irracionais, iniciando a sua jornada.

Sorria! Essa mensagem é para a sua criança que brincava no parque; que estava sempre sendo protegida nos braços dos familiares; que se contentava com um sorriso, um beijo ou um brinquedo simples.

Leia a reflexão da nossa amiga com carinho e aproveite. Deixe a sua criança interior sair um pouco da casca rígida da fase adulta. As melhores coisas da vida não são tão complicadas assim. É só olhar com simplicidade e amor, e você certamente achará o que procurara durante muito tempo ,talvez, em um lugar afastado.

Reflexão: Ioga da Criança

Oi Amigos!

Vim aqui contar mais um pouquinho dos meus devaneios, mais uma das minhas reflexões. Sempre chego a algumas conclusões interessantes ao longo da vida, mas por falta de escrever ou rememorar, sei lá... acabam se perdendo. Passarei mesmo a escrever. E ontem, estive pensando, e cheguei a uma conclusão bacana sobre as pessoas, mas mais uma vez havia me esquecido de postar no fórum. Aí hoje, lendo um relato projetivo do Saulo, me lembrei prontamente, comentei lá e copiarei aqui.

O Relato é o seguinte:
http://www.viagemastral.com/relatos_in. ... m=&ucat=2&


E a minha resposta, que na verdade é a minha reflexão em si, é a seguinte:


Sempre Saulo, Saulo?


Muito perto de uma reflexão que fiz ontem. Estava pensando no porque das pessoas serem tão complicadas, por que nós somos tão complexos, cheios de manias, cheios de temores... e pensando sobre as pessoas a minha volta e seus estilos de vida, me veio a cabeça sobre muitos traumas sofridos na infância que influenciam muito na formação de nossa personalidade e que ajudam a formar o que somos hoje. Logo me veio na cabeça a vida da minha chefe, que é uma pessoa que é um exemplo para mim... lembrei de sua infância sofrida e automaticamente a vi como criança! Pude imaginá-la pequena, tendo de viver daquele modo. Pude lembrar da minha infância difícil e de como as pessoas me magoam algumas vezes, de tão duras que são e de tão sensível que me tornei em virtude de algumas experiências que tive precocemente... E daí me propus a "Ioga da Criança", que provavelmente acabara de inventar, mas consiste em ver o nosso próximo como uma criança que foi e que ainda mora dentro dele, e como criança que é, devemos ter paciência, devemos tolerar quando conosco erram, devemos conduzí-los quando não sabem o caminho, e não julgar, não criticar, pois são crianças!

Em seguida, fiquei imaginando aquelas pessoas com quem convivo, todas bem pequenininhas e esperando algo do mundo, e quando percebi que eu também sou o mundo, pude perdoá-las e perdoar a mim mesmo por algumas culpas que sinto por algumas faltas com a humanidade... Logo, uma imensa sensação de amor me invadiu e uma lágrima caiu. Agora, ao longo do dia ou de uma situação ruim, imaginarei os interlocutores como pequenos seres, e pensarei primeiro no que leva eles a serem assim! Aquela criancinha em minha frente que devo respeitar e amar. Pensarei no que passou para chegar até ali e principalmente, se está equivocado, pensarei em até que ponto chegou e que se a situação está crítica para quem está agitado, provavelmente está pior para ela, que chegou a esse limite e não para mim. É uma pessoa que precisa de nós, como precisamos delas.

Gostei muito disso.




Despeço-me e saúdo assim vossa criança interior.

Interrompo o tópico da nossa amiga, para fazer também um reflexão em cima da reflexão apresentada com tanto sentimento e carinho.


Nascemos e enquanto estamos crescendo, vivemos um conjunto de experiências que nos guiam e ajudam a seguir em frente nesse mundo. Aquela criança que nasce tão pequena, com os olhos inocentes e cheios de esperança. Aquela criança que nos faz sorrir mesmo depois de um dia cansativo e estressante. Aquela criança que é sincera e espera o mesmo dos outros. Aquela criança que nos abraça com amor verdadeira e puro. Aquela criança que corre e só por isso, por essa liberdade, fica feliz. Então, essa criança sou eu, nossa amiga Bianca, você e todos outros que não deixaram de ser crianças só porque o corpo físico está mais velho. Somos um produto daquilo que vivemos na nossa infância, do amor que recebemos e, não só das experiências boas, mas também das mais chatas que nos deixaram tristes. Quando encontramos alguém complicado e com seus problemas, devemos saudar a criança interior e compreendê-la. Podemos dar um ombrom amigo que lhe faltou. Podemos lhe dar o amor que tanto desejou ter recebido. Podemos dar a compreensão. Podemos ser a criança boa em nós e deixar que a criança do outro também a seja.

Sempre com muito amor e compreensão.

Saúdo a sua criança interior. Obrigado Bianca pela colaboração com o IDCMEE.

A Ioga da Criança: Sente-se em um local calmo, um parque que gostava de ir quando era pequeno ou um outro local marcante da sua infância. Feche os olhos e no silêncio ou escutando uma música que você escutava na sua infância, deixe os pensamentos fluírem e a sua criança interior despertar. Lide com isso, enfrente seus problemas com amor e saúda com carinho a criança interior do próximo. Seja tolerante e compreenda as pessoas pela ótica da ioga da criança interior.

Agora, deixo a Bianca retomar o seu texto:

Vou copiar e colar o texto do Saulo para fazer mais sentido a minha resposta, isso é, se ele não se importar, mas se tiver problema deixo só o link. Mas lá vai, o relato dele dizia assim:

Saulo Calderon: Vendo-me no Espelho
Postado em: 10 Sep 2007

12/07/02

"Fui dormir apos amanhecer, fiquei a madrugada trabalhando no site.

Comecei a fazer os exercícios energéticos na posição supina, e apos algum tempo, virei o corpo para o lado direito.

Senti uma forte energia que ia e voltava, mas estava totalmente desperto, ainda tendo controle total do corpo. Comecei a me concentrar no sono físico, deixando com que o mesmo caísse em sono.

Ate que o EV se instalou mais presente e permanente. E nisso perdi a consciência. E recuperei a consciência já fora do corpo, num local totalmente desconhecido por mim, porém, conhecia as entidades que lá estavam. Estava totalmente desperto, com total lucidez da minha situação extracorpórea.

Avistei uma entidade que eu sabia conhecer de algum local, parecia ser um velho amigo, e perguntei: - olá , tudo bom? Amigo, tenho a sensação de lhe conhecer a muito tempo, mas infelizmente minha consciência não consegue se lembrar de bulhufas. Disse isso com humor e dando um leve sorriso. O amigo retribuiu sorriso dizendo: Sim meu irmão, já nos conhecemos há muito tempo... Vivemos juntos em algumas vidas, é bom ver que se lembra, pois isso e incomum, normalmente não nos lembramos de nada quando encarnados.

Ele apontou para um local, parecia uma sala, e fui em sua direção. Tinha um espelho e ele me pediu para olhar por ele, e assim fiz.

Quando me olhei tomei um susto. Vi-me com mais ou menos 11 anos de idade(pelo menos foi a sensação que tive). Eu estava jovem, lindo, com dentes branquíssimos que brilhavam, com uma aparência que me deixou impressionado. De maneira instintiva, olhei para mim mesmo, e vi que continuava normal. E voltando ao espelho, ainda me via jovem, e olhei como criança para o amigo sem entender nada, ele disse:

Isso e o reflexo da sua alma. E o que tem feito com ela amigo. Continue assim. A emoção foi tamanha, que despertei em lagrimas no corpo.

Ainda estou sentindo a energia da projeção, e estou com a impressão forte da experiência.

A sensação que tive sobre o que ele disse do espelho foi, que tem pessoas que envelhecem a alma, não envelhecer da maneira física, mas de personalidade. O bom espiritualista não deixa que os problemas entrem na sua casa mental, ainda que eles existam. O bom espiritualista esta sempre sorrindo, e com um ótimo bom humor. O bom espiritualista brinca de viver, pois vive a autoconsciência de saber que é muito mais que um corpo, e que isso e uma passagem, uma prova, onde seus conhecimentos estão sendo testados, não e fácil, mas ele passa forte, pois um bom espiritualista, tem os pés no plano físico, e a CABECA NA ESPIRITUALIDADE.

Ta na hora de mostrarmos a criança que temos dentro de nés, não a parte imatura da criança, mas a parte pura, o mundo precisa desse exemplo meus irmãozinhos.

Muita paz luz, amor e alegria.

Do irmão de todos "

Obrigado pela sua colaboração Bianca.

Publique sempre que quiser aqui no templo dos espíritos.


Se quiser partilhar uma reflexão ou mensagem conosco, nos envie um email para conscienciastral@gmail.com e aguarde contato.

Comente no fórum da comunidade.

Muita luz, paz e lucidez!


Bianca e Rafael.
____________________________

Instituto de Desenvolvimento Conscienciológico e Manifestação Espiritual Expressiva (IDCMEE)

Templo dos Espíritos (TE) - Consciência Astral.

Um comentário:

  1. Rafael, não poderia ter sido entendido melhor e ainda, explicado melhor! Você compreendeu perfeitamente aquilo que eu senti com imensidão, mas tive dificuldade de explicar. Obrigada, de verdade, por compreender e passar adiante! Vamos assim mesmo, juntos e em frente!

    Muito obrigada meu amigo,
    Um abraço,
    Bianca Carvalho.



    P.S: Na digitação com pressa, saiu um "a sim" que era para ter sido "assim" e isto está me intrigando. Dos erros do português este é o que mais está chamando a minha atenção, rs. Desculpe.

    ResponderExcluir

Seja um membro registrado do IDCMEE!

Namastê!

Quer participar da Comunidade Consciência Astral/ IDCMEE/ TE em tempo real?

Registre-se na nossa comunidade!

Faça parte do Templo dos Espíritos!

Saiba mais sobre ser um membro registrado.

Novidades no Email!

Namastê caros leitores!

Se estiverem interessados em receber um email avisando sobre as atualizações do IDCMEE (novos textos, mensagens, informações, categorias, etc), por favor envie um email para conscienciastral@gmail.com e passará a receber as novidades diretamente na sua caixa de entrada.

Torne-se um colaborador/ colunista fixo do IDCMEE! Saiba mais clicando aqui!

Obrigado pela sua atenção.

IDCMEE.